Ligações rápidas

Horário de Funcionamento:
Segunda, Quinta e Sexta
15:00 / 20:00

Sábados e Domingos
11:00 / 18:00

 

 

Áreas Principais

 

Durante o horário de abertura:

BIBLIOTECA PÚBLICA

A Biblioteca Pública da Casa da Achada-Centro Mário Dionísio, com mais de 4000 volumes de literatura, arte, filosofia, história, ciência, livros infantis e juvenis, etc. e algumas centenas de publicações periódicas pode ser consultada durante as horas de abertura. Também a Mediateca, que se encontra em formação, pode já ser consultada e verem-se filmes no local ou levá-los para casa, emprestados. Ver Catálogo da Biblioteca Pública e Mediateca. Ver mais informações.

 

Mediante marcação:

CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO

O Centro de Documentação, constituído pelo arquivo Mário Dionísio e pela sua biblioteca e de Maria Letícia Clemente da Silva (mais de 6000 volumes e mais de 200 publicações periódicas) pode ser consultado mediante marcação. Ver Catálogo da Biblioteca do Centro de Documentação.

 

Programação:

 

Conflito e Unidade da Arte Contemporânea

 

A arte do nosso tempo não é apenas um problema dos artistas, mas de toda a sociedade. Terreno de conflito, de incompreensão, de luta incessante, mas também de encontros, descobertas e novas unidades. A arte e os modos de a produzir, receber e pensar não estão desligados das questões que mais profundamente nos preocupam hoje, num mundo violento, complexo e dividido.

Em 1957 Mário Dionísio escreveu o ensaio Conflito e unidade da arte contemporânea e disse-o em voz alta numa conferência marcante, profunda e polémica. A Casa da Achada reeditou há pouco o texto desta conferência escrita ao mesmo tempo que Mário Dionísio lançava o seu grande ensaio sobre arte e sociedade, A paleta e o mundo.

Decidimos dedicar estes três meses àquele ensaio tão rico, tão profícuo e tão actual que nos desafia também hoje a reflectir sobre as sociedades e as sensibilidades humanas. Para pensar a arte contemporânea não como uma questão de especialistas mas como qualquer coisa que nos diz respeito, afecta, perturba, interroga, inquieta e desperta. Para entender as cores com que se pinta o mundo de hoje. E para o transformar.

 

«...só o que se espera ardentemente nos chama, sobretudo nas épocas de perplexidade, onde a força da desilusão e do desencanto não é comparável senão à da expectativa renovada de que não sabemos desistir.» MD

 

Casa da Achada

Programa do mês de Janeiro 2016

Ciclo Conflito e Unidade da Arte Contemporânea

 

mais informação

Escolas: reaprender e ensinar

Exposição: Escolas: reaprender e ensinar

 

de 3 de Outubro de 2015 a 18 de Abril de 2016

mais informação

Ciclo Paleta e o Mundo

Ciclo A Paleta e o Mundo IV

 

Todas as segundas-feiras às 18h30

Leituras com projecção de imagens de textos relacionados

com A Paleta e o Mundo.

mais informação

Ciclo Cinema: Rupturas no Cinema

Ciclo Cinema: Rupturas no Cinema

 

Todas as segundas-feiras às 21h30

mais informação

Oficinas

Oficinas para pequenos e grandes

 

Isso Também Eu Fazia!

Domingos 3, 10, 17, 21 e 31 de Janeiro de 2016

das 15h30 às 17h30

mais informação

Conflito e Unidade da Arte Contemporânea

Leitura

Conflito e Unidade da Arte Contemporânea

por Luis Miguel Cintra

Sábado 9 de Janeiro às 16h

mais informação

Conflito e Unidade da Arte Contemporânea

The Return of the Real

O Porquê da Importância deste Ensaio de Hall Foster

por Sílvia Chicó

Sábado 16 de Janeiro às 16h

mais informação

Editar à Margem

Editar à Margem

Conversa com Joana Bagulho, João Rodrigues, Luhuna Carvalho,

Marcos Farrajota, Nuno Moura e outros

Sábado 30 de Janeiro às 16h

mais informação

Histórias da História

histórias da História

 

O 18 de Janeiro

com Fátima Patriarca

Quinta 21 de Janeiro às 18h30

mais informação

_____________________________________________________________________________________________________

 

A quem quiser contribuir para que a Casa da Achada-Centro Mário Dionísio

continue a existir

 

A entrada é gratuita em tudo o que a Casa da Achada – Centro Mário Dionísio faz. Não por riqueza ou por mania. Mas porque decorre da própria ideia que Mário Dionísio tinha da cultura. E nós, vários anos depois, também.

As excepções são as edições, é claro. Que os Sócios Fundadores e Amigos da Casa da Achada podem comprar abaixo do preço do mercado.

Os tempos vão maus e os apoios institucionais também.

 

Por isso, agora dizemos a toda a gente que toda a gente pode fazer um donativo, se assim o entender.

 

Opção 1: Cartão de crédito ou Paypal

Faça o seu donativo online, de forma totalmente segura, usando o seu cartão de crédito ou a sua conta Paypal.

Caso opte por esta forma de pagamento, o Paypal irá reter uma pequena percentagem do valor doado, pelo que se quiser garantir que iremos receber a totalidade do seu donativo, faça uma transferência bancária (abaixo).

 

 

 

Opção 2: Transferência bancária

Transfira para o NIB 0036 0000 9910 5869 2830 8 a quantia que desejar doar.

Sugestão: Assinar este texto, completando com a quantia doada, e enviar para a Casa da Achada.

 

 

Quero que a Casa da Achada - Centro Mário Dionísio exista e prossiga as suas actividades culturais de arquivo e catalogação do espólio e da biblioteca de Mário Dionísio, edição, projecção de filmes, realização de oficinas gratuitas para crianças e adultos, manutenção de uma biblioteca de acesso público, realização de exposições, conversas, conferências, projectos de apoio à leitura, intervenção na comunidade e outras actividades culturais abertas ao público.

 

Por isso quero apoiar financeiramente a associação através de uma contribuição de

 

_______________€

 

 

_________________________

(assinatura)

 

 

Nota: Pode copiar o texto e enviar por e-mail ou imprimir aqui e enviar via postal.

 

André Spencer e F. Pedro Oliveira para Casa da Achada - Centro Mário Dionísio | 2009-2017