Ligações rápidas

Horário de Funcionamento:
Segunda, Quinta e Sexta
15:00 / 20:00

Sábados e Domingos
11:00 / 18:00

 

 

Áreas Principais

 

Durante o horário de abertura:

BIBLIOTECA PÚBLICA

A Biblioteca Pública da Casa da Achada-Centro Mário Dionísio, com mais de 4000 volumes de literatura, arte, filosofia, história, ciência, livros infantis e juvenis, etc. e algumas centenas de publicações periódicas pode ser consultada durante as horas de abertura. Também a Mediateca, que se encontra em formação, pode já ser consultada e verem-se filmes no local ou levá-los para casa, emprestados. Ver Catálogo da Biblioteca Pública e Mediateca. Ver mais informações.

 

Mediante marcação:

CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO

O Centro de Documentação, constituído pelo arquivo Mário Dionísio e pela sua biblioteca e de Maria Letícia Clemente da Silva (mais de 6000 volumes e mais de 200 publicações periódicas) pode ser consultado mediante marcação. Ver Catálogo da Biblioteca do Centro de Documentação.

 

Programação:

 

Ciclo: Estas Cidades

 

As cidades que habitamos, onde trabalhamos, passeamos e viajamos. As cidades de prédios e edifícios, de teatros, cinemas e cafés, de gente apressada nas ruas e avenidas, de gente sentada nos bancos de jardim, nas paragens de autocarro ou em cais à espera do comboio.

 

Cidades em transformação. Crescendo para norte e sul, em altura, rompendo e criando novas velhas fronteiras. Cidades que são poemas, história, reboliço. Apitos, sirenes, ruídos, gritos, murmúrios, o metal e o cimento em construção. Cheiros de guisados e caril, de escapes e fumo de cigarros, de lixo e de maresia. Uma cidade «é uma constante transferência de visões e afectos; é o aplauso à modernização e uma súbita, inexplicável tristeza pelo que desaparece; é a funda e fértil contradição, latente em todas as pessoas e coisas, provocando um estado poético», dizia Mário Dionísio nos anos 50.

 

Propomos este ciclo sobre cidades a pensar no mundo que por elas passa, no que nelas muda, na vida das pessoas, nas suas habitações e locais de encontro, na expansão e na sobreposição, no chão que pisamos e nas paredes onde nos encostamos, nas subidas e descidas. Cidades que acolhem gente, mas também expulsam, que derrubam muros e levantam outros, que se partilham ou que se deixam vender. Que se abrem e se fecham. O ciclo é feito a partir de Lisboa, cidade onde estamos, sem esquecer, porém, que «moramos nas cidades todas».

 

Casa da Achada

Programa do mês de Abril 2016

Ciclo Estas Cidades

mais informação

Escolas: reaprender e ensinar

Exposição: Escolas: reaprender e ensinar

 

de 3 de Outubro de 2015 a 18 de Abril de 2016

mais informação

Exposição: Lisboa acima, Lisboa abaixo / Lecture d'une Ville

 

de 23 de Abril a 22 de Agosto de 2016

mais informação

Ciclo Paleta e o Mundo

Ciclo A Paleta e o Mundo IV

 

Todas as segundas-feiras às 18h30

Leituras com projecção de imagens de textos relacionados

com A Paleta e o Mundo.

mais informação

Ciclo Cinema: Outras Cidades

Ciclo Cinema: Outras Cidades

 

Todas as segundas-feiras às 21h30

mais informação

Oficinas

Oficinas para pequenos e grandes

 

Tapetes de Trapilho

Domingos 3, 10 e 17 de Abril

das 15h30 às 17h30

mais informação

Dois Poetas de Lisboa

Dois Poetas de Lisboa

José Gomes Ferreira e Manuel Mendes

conversa e leituras com Lara Afonso, Rubina Oliveira

e Youri Paiva

Sábado 2 de Abril às 16h

mais informação

Lisboa uma Cidade em Transformação

a partir do livro de Francisco Keil do Amaral

conversa com Pitum Keil do Amaral e Vitor Matias Ferreira

Sábado 9 de Abril às 16h

mais informação

os desejos de estrelas podem ser falados?

a partir de Uma Escuridão Bonita de Ondjaki

 

Grupo de Teatro Comunitário da Casa da Achada

Sexta 15 de Abril e Sábado 16 de Abril às 21h30

mais informação

O SAAL em Lisboa

conversa com Eugénio Castro Caldas, João Dias, Jorge Neves

e José Charters Monteiro

Sábado 16 de Abril às 16h

mais informação

Lisboa: O Terreiro do Paço é uma Praça

ou uma Maneira de Pensar?

discução com Jean-Luc Le Douarec

Domingo 24 de Abril às 15h

mais informação

Colar Pintar Transformar

porque vemos nas ruas um espaço de intervenção artística?

conversa com Alain Campos, Boss, Hervé di Rosa,

Pedro Soares Neves e Samantha Muleca

Domingo 24 de Abril às 18h

mais informação

no 25 de Abril

Oficina Ambulante com Alain Campos

Segunda 25 de Abril às 11h

o 25 de Abril na Casa da Achada

Segunda 25 de Abril às 18h

mais informação

Chamamos hoje

João Martins Pereira

com Adelino Gomes, Francisco Louçã, Jean-Luc Le Douarec

e João Moreira

Quinta 28 de Abril às 18h30

mais informação

Lisboa também é um Porto

discução com Jean-Luc Le Douarec

Sábado 30 de Abril às 16h

mais informação

Lisboa, uma Cidade feita de pequenas coisas

dois passeios com Jean-Luc Le Douarec e Susana Sequeira

Sábado 30 de Abril às 10h

Domingo 1 de Maio às 10h

mais informação

_____________________________________________________________________________________________________

 

O que há de novo para ver no site:

- para uma Bibliografia - Mário Dionísio

- Índice da Correspondência Literária de Mário Dionísio

- Congresso Internacional sobre a vida e a obra de Mário Dionísio

 

- Novas Edições Casa da Achada

- Mário Dionísio // O Quê? Professor?!

- Mário Dionísio // Conflito e Unidade da Arte Contemporânea - Conflit et Unité de L'Art Contemporain

- para uma Bibliografia - Mário Dionísio

_____________________________________________________________________________________________________

 

A quem quiser contribuir para que a Casa da Achada-Centro Mário Dionísio

continue a existir

 

A entrada é gratuita em tudo o que a Casa da Achada – Centro Mário Dionísio faz. Não por riqueza ou por mania. Mas porque decorre da própria ideia que Mário Dionísio tinha da cultura. E nós, vários anos depois, também.

As excepções são as edições, é claro. Que os Sócios Fundadores e Amigos da Casa da Achada podem comprar abaixo do preço do mercado.

Os tempos vão maus e os apoios institucionais também.

 

Por isso, agora dizemos a toda a gente que toda a gente pode fazer um donativo, se assim o entender.

 

Opção 1: Cartão de crédito ou Paypal

Faça o seu donativo online, de forma totalmente segura, usando o seu cartão de crédito ou a sua conta Paypal.

Caso opte por esta forma de pagamento, o Paypal irá reter uma pequena percentagem do valor doado, pelo que se quiser garantir que iremos receber a totalidade do seu donativo, faça uma transferência bancária (abaixo).

 

 

 

Opção 2: Transferência bancária

Transfira para o NIB 0036 0000 9910 5869 2830 8 a quantia que desejar doar.

Sugestão: Assinar este texto, completando com a quantia doada, e enviar para a Casa da Achada.

 

 

Quero que a Casa da Achada - Centro Mário Dionísio exista e prossiga as suas actividades culturais de arquivo e catalogação do espólio e da biblioteca de Mário Dionísio, edição, projecção de filmes, realização de oficinas gratuitas para crianças e adultos, manutenção de uma biblioteca de acesso público, realização de exposições, conversas, conferências, projectos de apoio à leitura, intervenção na comunidade e outras actividades culturais abertas ao público.

 

Por isso quero apoiar financeiramente a associação através de uma contribuição de

 

_______________€

 

 

_________________________

(assinatura)

 

 

Nota: Pode copiar o texto e enviar por e-mail ou imprimir aqui e enviar via postal.

 

André Spencer e F. Pedro Oliveira para Casa da Achada - Centro Mário Dionísio | 2009-2017